ESPAÇOS PARA BRINCAR, ESCUTAR E PENSAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL: RELATO DE EXPERIÊNCIA NA DOCÊNCIA DA DISCIPLINA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO, NO CURSO DE PEDAGOGIA DA FAF, 2014

Rosangela Celanti ESPERANDIO

Resumo


A disciplina de estágio supervisionado é um grande desafio para os acadêmicos de Pedagogia, principalmente quando o contato direto é com crianças na tenra idade iniciando suas vidas em ambientes desconhecidos, longe do aconchego familiar, deparando-se com um novo convívio em escolas de educação infantil. Diante dessa nova experiência, as acadêmicas do curso de pedagogia da Faculdade de Alta Floresta (FAF) se questionaram sobre como ensinar essas crianças, como criar e propor atividades que as envolvessem, que fizessem com que a interação acontecesse, proporcionando o prazer de estar na escola e o favorecimento da aprendizagem. Levantou-se a hipótese de que, ao se criarem espaços e reflexões em sala de aula, adotar-se-iam posturas e estratégias para se aplicar na regência, como também, através da experiência de outros educadores e a construção de materiais pedagógicos todos se sentiriam seguros para a realização do estágio. Vislumbrou-se então a elaboração de um projeto com o grupo de acadêmicas, em que a reflexão e a construção de materiais colaborariam com a prática do estágio nas escolas e também como contribuição às vivências e experiências de pessoas envolvidas na Educação Infantil do município de Alta Floresta. Assim, esse projeto teve como objetivo propiciar a formação de professores que atuarão e que atuam na Educação Infantil, aplicando a teoria dos estudos em atividades práticas, despertando no professor a importância da contação de histórias, da musicalidade, dos brinquedos e brincadeiras e dos cuidados com a voz. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.