PROFESSORAS NEGRAS: IDENTIDADES EM CONSTRUÇÃO

Cleonice PEROTONI

Resumo


Este estudo tem por objetivo compreender a construção da identidade étnica das professoras negras no magistério em Lucas do Rio Verde, interior de Mato Grosso. Falar em identidade é instalar-se de modo seguro em seu próprio mundo, bem como reconhecer-se a si mesmo nesse mundo e reconhecer o “outro”, ou seja, os atores sociais constroem sua própria identidade, suas crenças, valores, ideias, conceitos no ambiente em que se encontram inseridos, seja ele físico ou social. Ferreira (2000) compara a uma “peça de teatro” os dramas da vida. Nesse sentido, quando se fala em identidade, seguem-se tramas contínuas, isto é, algo não fixo, e, que, constantemente se edificam nas concepções de indivíduos construídas nas relações inter étnicas. Dessa forma, essa identidade se defronta com desigualdades de gênero e raça, deparando-se com o preconceito, a discriminação racial e, mais perversamente, o racismo no interior da escola, cujo resultado influencia na construção dessa identidade das professoras no magistério em Lucas do Rio Verde MT.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.