RESUMO DO PROJETO DE CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DA EMPRESA LIDA NITRO – ETANOL E RAÇÃO ANIMAL

Arno Mauro Batista da Silva

Resumo


Mato Grosso é um Estado relativamente novo em se tratando de integração interiorana e produtividade agrícola em larga escala. Nos últimos 40 anos, novas cidades surgiram a partir de grandes projetos de colonização, muitas delas obtiveram sucesso, seja pela localização como cidade polo, pela atuação de seus políticos ou pela sua produção agrícola. Alta Floresta estaria entre essas cidades no conceito de colonização implantado na época, não fosse pelas fases econômicas tendenciosas que aconteceram, as quais se iniciaram logo após o início de sua colonização, quando chegaram colonos de todas as partes do Brasil, a grande maioria do sul, enfrentado doenças, falta de conforto e outras  dezenas de dificuldades em abrir uma região de mata intensa. Mesmo assim, reforçavam e enchiam de orgulho os desbravadores, pois, nesse período, muitos projetos de incentivo à agricultura foram iniciados, como a cultura do cacau, guaraná, café e até a papaína, um produto retirado do mamão papaia usado em cervejarias e outros fins, até que, em meados dos anos 80, com a descoberta de ouro na região e a facilidade de ganhar dinheiro nos garimpos, a maioria desses projetos foram abandonados já que dependiam exclusivamente dos colonos que optaram pela exploração do metal. Entende-se que o ciclo da primeira fase econômica de Alta Floresta estaria dando espaço a outra fase, a fase do garimpo, ouro, a qual desencadeou na população uma cultura de dinheiro fácil. O período do ouro durou até o início dos anos 90 quando Alta Floresta iniciou sua terceira fase, a atividade de exploração de madeira, que também durou pouco, pois não era uma atividade sustentável; em seguida, a pecuária, que ainda perdura. Vale lembrar que na época também foi uma febre, muitos investiram nesse ramo, mas o que permanece hoje são as fazendas bem sucedidas que tiveram suas administrações implantadas de forma bem profissional. Essas etapas bem sucedidas ou não, vividas pela população, como dito no início do texto, criaram uma cultura econômica “tendenciosa”, ou seja, onde um se deu bem, todos apostam, com essa ideia, continua-se a viver uma economia regional frágil e vulnerável ao interesse de exploradores momentâneos, pode-se afirmar que muitas pessoas ainda acreditam e aguardam outra fase de dinheiro fácil como é de costume.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.